top of page
Logo_FDC.png
Buscar
  • contato095911

Coluna no foco da Farol



O que um campeonato de futebol pode ensinar sobre agilidade?


Por Fernanda Marinho



O mundo da bola tem muito mais relação com o mundo ágil do que se imagina... Quer ver?

O Futebol, esporte mais praticado pelos brasileiros e difundido mundo afora, é um espetáculo à parte, clubes tradicionais, investimentos estrangeiros, transações milionárias de jogadores, patrocínios, inovação, talentos, gols, amor à camisa, competição, emoção, a busca por títulos e uma receita em torno de US$ 300 bilhões (2020, Sports Value), encanta fãs e torcedores movidos por uma paixão.


A agilidade, incorporada à dinâmica da nova economia, vêm sendo cada vez mais absorvida no ambiente organizacional com pilares e princípios próprios, inspirados no sistema de produção Lean Manufacturing, e foi desenvolvida no intuito de ampliar o foco na execução de projetos, lidar com a incerteza e a volatilidade do mundo VUCA, contribuindo com maior execução e experimentação. Com pouco mais de vinte anos de Manifesto Ágil, surgido no intento de harmonizar as diferentes abordagens desenvolvidas ao longo do tempo para desenvolvimento de software e hoje abraçando projetos de negócio e impactando a cultura organizacional como um todo. O framework Scrum é o mais conhecido, adotado por cerca de 58% das organizações e é que vamos conhecer como paralelo.


Como podemos correlacionar esses dois mundos aparentemente tão distantes?


A Visão e o Ciclo Adaptativo de Projeto

A cada fim de temporada os clubes já se preparam para uma nova com ambições para o ano, patrocínios, contratações, lançamento de novos talentos, pré-temporada... Uma visão é construída acerca de onde se deseja chegar com duas variáveis fixas, assim como no mundo ágil: orçamento e prazo, que segue o calendário dos campeonatos e condições realistas das posições a serem galgadas pelo clubes. Vamos imaginar um campeonato como o Brasileiro, por pontos corridos e guardando as devidas proporções nessa analogia.


Os Valores do Manifesto Ágil

O Manifesto valoriza indivíduos e interações, mais que processos e ferramentas; software em funcionamento é mais importante que o detalhamento de documentação; colaborar com o cliente mais que negociar contratos e ter a capacidade de responder rapidamente às mudanças. São aspectos extremamente valorizados no Futebol:


Adaptabilidade em resposta à mudança – Requer que o time se adapte à dinâmica do jogo, além do planejado, escalação do time adversário, performance, contusões e resultados adversos.


Colaboração – A força do conjunto é o que promove a vitória em uma partida de futebol, o sucesso do projeto é de todos, os louros não são do técnico ou da estrela do time, mas da harmonia de uma equipe em que cada membro executou o papel que lhe foi atribuído.


Comunicação – Dentro e fora de campo são fundamentais para promover o alinhamento técnico, o entrosamento nas interações e o engajamento do time.


Os Atores e seus Papeis

O espetáculo de futebol vai muito além da partida, os jogadores são os protagonistas, porém cada papel é fundamental, assim como na mentalidade ágil.

O Patrocinador define os objetivos a serem alcançados no projeto, libera recursos, viabiliza a iniciativa na organização. No futebol, é a direção em conjunto com investidores e patrocinadores do clube quem definem os objetivos para o ano.

O Treinador faz as vezes do Product Owner, responsável por garantir que o time alcançará os resultados esperados para a temporada e ganhe títulos, alinhar os objetivos, planejar a atuação do time rodada à rodada. E por vezes de Scrum Master, quando apoia o time para que tenham disciplina tática e posicionamento, e apoia na remoção de impedimentos que impactam o desempenho no jogo.


A Squad é formada pelos Jogadores, assim como no mundo ágil, quando está em campo, o time é auto organizável, cada jogador assume uma posição e uma missão a ser cumprida em prol do objetivo final, que neste caso é ganhar o jogo, e aplica seus talentos e competências para extrair o melhor resultado possível. O artilheiro não gera resultado sozinho.


Há diversos Stakeholders envolvidos direta ou indiretamente como a diretoria do clube, torcedores, investidores, patrocinadores, empresários, mídia, redes sociais, adversários e todo o ecossistema. O grande Consumidor do espetáculo é o Torcedor, que acompanha jogos, cria expectativas, vibra, se emociona e torce. Partidas competitivas, com talento, emoção, de alto nível, promovem audiência, aumento no consumo, movimentação das redes sociais, mídias, etc.

Um Ciclo Iterativo – com cerimônias, artefatos e colaboração

Assim como no Scrum, em que o ciclo de desenvolvimento de produtos é contínuo - a cada Sprint (ciclo que dura de 1 a 4 semanas) um novo objetivo é definido, atividades são priorizadas para testar rapidamente a aderência do produto ao mercado; em um campeonato de futebol, uma partida não define o campeão, porém permite que o clube acumule pontos, ajuste o esquema tático, desenvolva o entrosamento, amplie a performance e ganhe ritmo de jogo. Os resultados são medidos e monitorados, para que gerem aprendizado para as próximas partidas.


Para a atuação do clube durante a temporada, o treinador define o product backlog – seus requisitos, planejamento, a materialização dos objetivos a serem conquistados ao longo da temporada, considerando todos os campeonatos a serem disputados. Sendo priorizados a cada Sprint, o que deverá ser executado pelo time – a sprint backlog.


A semana de preparação Pré-jogo é equivalente à Sprint, treinamento durante a semana, estudar o adversário, definir estratégias, ensaiar jogadas e ganhar preparo físico. O Planejamento da Sprint é o planejamento do treinador com o elenco para vencer o próximo jogo e as reuniões diárias, as sessões de trabalho de alinhamento e progresso do time. A cada treino a equipe vai se preparando para alcançar seus objetivos para a partida. Na execução de projetos, as squads focam na execução do planejamento, de forma autônoma, mas integrada.


A Sprint Review, é o momento em que a nova funcionalidade está pronta para ser revisada, verificada pelo product owner e passar pelos ajustes finais, assim é o time quando faz seu último treino antes do jogo e aguarda os momentos finais para a preleção do treinador. Uma vez aprovado, o produto está pronto para ser lançado e o time preparado para a partida.


Assim o produto/funcionalidade está pronto para Release e lançamento à mercado, ter sua validação perante ao cliente e metrificação de se desempenho para ajustes e captura de insights, e o espetáculo da bola prestes a começar. Hora de testar se todas as premissas e planos definidos tem aderência, perceber o adversário, as dinâmicas externas, o desempenho dos jogadores e o atendimento das expectativas. É em campo, que o time demonstra sua capacidade de execução e atuação perante às adversidades do adversário. A busca é pelo resultado, bola na rede, ver seu torcedor feliz e somar mais pontos que trarão vantagem no campeonato.


No pós-jogo, assim como a Retrospectiva da Sprint, o foco é no aprendizado, o Treinador nesse momento apoia o time no feedback do desempenho, debate o que fizeram bem, o que poderiam fazer melhor e inserem novas ideias visando a próxima Sprint ou a próxima rodada, com um novo desafio, um novos adversário, novas restrições e adaptações mas mantendo a visão inicial de vencer o campeonato. Assim, a dinâmica da Sprint é avaliada pela squad e demais membros para que haja um aprendizado e melhoria contínuos.


A cada nova Sprint novas funcionalidades são desenvolvidas, priorizando cada etapa da evolução de um produto, que busca como objetivo final o atendimento de uma dor ou desejo do cliente, de forma economicamente viável – a visão é preservada, entretanto, o escopo se adapta. Assim como, a cada rodada, uma nova versão do time com ajustes pode ir para jogo com sistema tático ajustado, escalação e aprendizados, mas com a visão clara de ganhar o campeonato, atendendo às ambições de patrocinadores e investidores, encantando seus torcedores e impulsionando a paixão pelo esporte.


As competências e dinâmicas apresentadas pelos dois grupos também se estendem ao mundo organizacional como um todo, principalmente diante de tantas mudanças e incertezas.


Quer saber se está pronto (a) para esta realidade? Escreva para nós!



Ativo 5.png
Ativo 6.png

Parceiro

Ativo 8.png
Ativo 9.png
whatsapp.png
linkedin.png
youtube.png

Farol de Carreira. Todos os direitos reservados

bottom of page